Eco Caminhada

05/09/2009 at 23:59

eco1À hora marcada, reunimos, falámos e fomos.
A caminho da Maria Delgada para constatar in loco a real grandeza da sua poluição. Ficámos consternados com a imagem degradante duma ribeira morta, apodrecida, num leito assoreado, onde ecossistemas se harmonizavam com a fruição que as gentes lhe davam.

eco2Duma ETAR, diminuta, inadequada para a função que lhe é reservada, funcionando somente como colector e bacia de passagem dos esgotos que umas pás tentam triturar, saem efluentes orgânicos, direitinhos à mesma ribeira que passa a poucos metros.

eco4As imagens que juntamos falam como mil palavras.

As amostras que recolhemos para mandar analisar dirão o resto.

No entretanto, fica-nos a consciência de que é premente despoluir e desassorear esta e as outras ribeiras do concelho, o que faremos, à medida das nossas possibilidades, com o apoio dos proprietários dos terrenos adjacentes.

eco5Mas, de certeza absoluta, daqui a algum tempo, os resultados vão ser visíveis e as análises que continuadamente havemos de fazer, hão-de dar-nos indicadores de poluição bem diferentes daqueles que agora vamos ter e guardar como referência.

eco3

Entry filed under: Lista de Apoio. Tags: .

Grupo de Teatro Casével, Uma Vila com Futuro


Calendário

Setembro 2009
M T W T F S S
« Ago   Out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Most Recent Posts


%d bloggers like this: