“Por Castro” com a Juventude

16/08/2009 at 00:10

JuventudeA Juventude é o grupo mais generoso e potencialmente mais empreendedor da nossa sociedade. Para os jovens temos de olhar com uma perspectiva de futuro, acrescentando á sua energia a sabedoria dos mais velhos, de modo a não se desaproveite a experiência do passado e se construa um amanhã melhor alicerçado numa verdadeira coesão social.

Estamos cientes de que o desenvolvimento das nossas comunidades depende do modo como fizermos a abordagem e tratarmos a questão da Juventude. Por isso, estruturamos a nossa acção em três bases fundamentais: a educação, a participação activa dos jovens na vida da comunidade e a inserção na vida activa e empreendedorismo juvenil.

Como suportes e parceiros institucionais da nossa politica para a Juventude, contamos com as Escolas, o Gabinete de Desenvolvimento, o Conselho Local de Acção Social (CLAS), o Gabinete de Educação e Acção Social, o Conselho Municipal de Educação (CME), o Conselho Municipal de Juventude (CMJ) e o Conselho Consultivo Municipal (CCM), entidades a criar ou a dinamizar, numa óptima de trabalho efectivo.

Ouvir as pessoas, trabalhar com elas e para elas, é o lema do nosso programa para a Juventude.

Concretamente, na Educação, vamos estreitar a ligação às escolas, colaborando efectivamente nos Conselhos Gerais, trabalhando para objectivos comuns, ao lado dos professores, dos encarregados de educação e dos alunos.

Saberemos, paralelamente, valorizar o papel da biblioteca e da rede de bibliotecas, como centro de recursos fundamental para um processo de desenvolvimento.

Por outro lado, saberemos estimular o Empreendedorismo Juvenil e garantir a sua aprendizagem nos diferentes níveis de escolaridade.

O Associativismo Juvenil será promovido e apoiado de forma inequívoca, como modo de galvanizar os nossos jovens para o exercício quotidiano da cidadania.

Vemos, também, na realização de intercâmbios e de parcerias com comunidades nacionais e internacionais, uma fonte de aprendizagem e desenvolvimento pessoal e social e, por isso, vamos cuidar de os estabelecer.

Temos , igualmente presente que a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação são uma poderosa ferramenta a pôr ao serviço do  desenvolvimento e delas havemos de fazer uso para promover  fortes laços intergeracionais.

Nestes pressupostos, com esta orientação e seguindo este rumo, vamos olhar para os jovens como o sentido e a chave do desejado desenvolvimento local, fazendo deles parte activa e interessada no processo de aproveitamento das oportunidades que no nosso contexto existem.

Entry filed under: Lista de Apoio. Tags: .

Os Primeiros Parque de Merendas


Calendário

Agosto 2009
M T W T F S S
« Jul   Set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Most Recent Posts


%d bloggers like this: