Arte pública 2

14/07/2009 at 00:03

rotunda10No nosso sítio, as palmeiras são árvores de jardim e as ovelhas são bichos de mato.

Pôr ovelhas a pastar debaixo de palmeiras é como colocar jacarés à sombra de um chaparro.

E esta contradição não é irrelevante. Tem subjacente um certo olhar para a nossa ruralidade que procura torná-la culturalmente apagada, mero acessório ou adorno de um modelo que se sonhou e tem procurado desenhar urbano.

Por isso, quando se pretendeu embelezar aquela rotunda, ajardinou-se, e depois colocaram-se debaixo das palmeiras, para dar uma ar pitoresco, umas quantas ovelhas que, do ponto de vista plástico, até são peças bonitas, mas andam ali perdidas.

Foi assim que renderam homenagem à nossa riqueza agro-pecuária.

Para celebrar a nossa terra, os nossos campos e as gentes que os fabricam, nós teríamos feito diferente.

rotunda11No mesmo sítio, em vez das palmeiras, estariam azinheiras ou oliveiras, no lugar do lancil e para fazer o redondel, tínhamos levantado um murete de pedra e barro.

Simbolizando a nossa tradição agro-pecuária, junto às ovelhas estaria necessariamente um maioral e pegando na rabiça do arado solitário, tinhamos , certamente, um ganhão.

A história, a cultura e a riqueza, do nosso ponto de vista, são produto do engenho e do esforço humano.

Por isso, para fazer tal homenagem,  lembrávamos  primeiro o pastor e só depois das ovelhas, tínhamos pensado primeiro no agricultor e só depois no arado.

Entry filed under: Lista de Apoio. Tags: .

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades Gripe A


Calendário

Julho 2009
M T W T F S S
« Jun   Ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d bloggers like this: